Temporada da Super Liga Feminina está encerrada

0

As temporadas da Super Liga Feminina e do Campeonato Feminino foram encerradas com efeito imediato, confirmou a FA.

Todo o futebol na Inglaterra está suspenso desde março devido à pandemia de coronavírus, mas os organizadores da liga decidiram agora restringir a campanha da WSL, voltando suas atenções para a preparação para a próxima temporada.

Os clubes foram consultados sobre a melhor forma de resolver a temporada e essas recomendações serão enviadas ao Conselho da FA, que “determinará o resultado esportivo mais adequado para a temporada 2019/20”.

Atualmente, o Manchester City ocupa o topo da liga com 40 pontos em 16 jogos, enquanto o Chelsea está um ponto atrás de ter jogado menos um jogo – o que significa que se os pontos por jogo forem adotados, o Chelsea ultrapassará o City e vencerá o título.

O City diz que está “decepcionado por não termos conseguido completar a temporada”, mas o clube acrescentou que “entende as complexidades da situação e apóia a decisão da FA”.

A declaração continuou: “[We] aguarda o resultado das discussões sobre a classificação final da tabela de classificação”.

O Manchester United ficou em quarto lugar na tabela antes da temporada ser interrompida, com o técnico Casey Stoney apoiando a decisão.

Jessica Creighton diz que a decisão de encerrar a temporada da Super Liga Feminina cedo é uma grande decepção para o futebol feminino.

“É decepcionante não poder completar a temporada, mas é a decisão certa para a segurança de todos os envolvidos”, disse ela, tendo guiado o United em sua primeira campanha na primeira divisão.

“Nosso foco agora é o nosso desenvolvimento para a próxima temporada, que planejamos continuamente ao longo do ano, e mal podemos esperar para voltar ao campo novamente quando for seguro”

“Gostamos da nossa primeira temporada nesta liga, superando as expectativas, mantendo-nos fiéis aos nossos valores, mas ainda temos grandes ambições de como queremos avançar como clube”.

Declaração FA na íntegra

Uma declaração da FA dizia: “A Super Liga Feminina FA e o Conselho do Campeonato Feminino confirmaram hoje a decisão de encerrar a temporada 2019/20 da Super Liga Feminina Barclays FA e do Campeonato Feminino FA, com efeito imediato.

“Durante a pandemia do COVID-19, o Conselho da Super Liga Feminina e Campeonato da Mulher da FA tem consultado regularmente clubes e principais partes interessadas de ambas as ligas para identificar a maneira mais adequada e apropriada de concluir a temporada 2019/20 e dar clubes e jogadores a clareza e o apoio de que precisam no momento.

“Após um feedback esmagador dos clubes, a decisão de encerrar a temporada 2019/20 foi tomada. Isso também permitirá que os clubes, a Super Liga Feminina da FA e o Conselho de Campeonatos Femininos da FA se preparem e foquem na próxima temporada, quando o futebol voltar.

“Apoiar o bem-estar dos clubes e jogadores continuará sendo nossa principal preocupação durante todo esse processo, que também envolveu uma análise robusta e completa dos desafios logísticos, operacionais e financeiros que o jogo enfrenta atualmente.

“Após uma consulta completa e minuciosa com os clubes, a Liga Feminina de Super Liga e Campeonato da Mulher da FA discutiu várias recomendações que serão enviadas ao Conselho da FA para determinar o resultado esportivo mais apropriado para a temporada 2019/20. Isso incluirá a identificação do inscrições para a Liga dos Campeões da UEFA 2020/21, com base no mérito desportivo da temporada 2019/20 da Barclays FA Women’s Super League.

Fonte: www.skysports.com

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.