Flamengo e a Dança dos Técnicos na Era Landim

0

O Flamengo, um dos gigantes do futebol brasileiro, enfrenta uma dança contínua de técnicos sob a gestão do presidente Rodolfo Landim, que começou em 2019. A última vítima dessa rotatividade é Jorge Sampaoli, demitido recentemente, poucos dias após a perda da Copa do Brasil. Sampaoli tornou-se o nono treinador da era Landim a não conseguir permanecer no cargo devido a resultados insatisfatórios.

Apenas Jorge Jesus, que partiu para o Benfica em meio a um excelente desempenho, conseguiu permanecer por mais tempo no clube, um total de 403 dias. Sampaoli, apesar de sua saída precoce, ficou mais tempo do que muitos de seus antecessores, sendo o quarto técnico em termos de dias trabalhados no clube, atrás de Jesus, Rogério Ceni e Dorival.

Em uma gestão de 1730 dias, os treinadores que passaram pelo clube tiveram uma média de aproximadamente 192 dias de trabalho, o equivalente a seis meses e 12 dias. Este cenário de instabilidade será um desafio para o próximo técnico, que enfrentará a pressão para superar essa média de permanência.

O favorito para assumir o cargo é Tite, com a diretoria do Flamengo obtendo sinal verde do estafe do ex-técnico da seleção brasileira. O clube está trabalhando diligentemente para atender às demandas de Tite e planejar cuidadosamente o ano de 2024. No entanto, a demissão de Sampaoli não está diretamente relacionada ao anúncio de Tite, mas sim ao desejo do estafe do ex-treinador da seleção brasileira.

O Flamengo busca uma transição suave, como fez em outras trocas de técnicos sob a presidência de Landim, como a substituição de Rogério Ceni por Renato Gaúcho e de Paulo Sousa por Dorival Junior. O presidente Rodolfo Landim está ansioso para resolver rapidamente essa questão.

Aqui está uma retrospectiva dos técnicos do Flamengo desde 2019:

  • Abel Braga – 147 dias (chegou em 02/01/2019 e saiu em 29/05/2019)
  • Jorge Jesus – 403 dias (chegou em 10/06/2019 e saiu em 17/07/2020)
  • Domènec Torrent – 98 dias (chegou em 03/08/2020 e saiu em 09/11/2020)
  • Rogério Ceni – 273 dias (chegou em 10/11/2020 e saiu em 10/07/2021)
  • Renato Gaúcho – 142 dias (chegou em 10/07/2021 e saiu em 29/11/2021)
  • Paulo Sousa – 150 dias (chegou em 10/01/2022 e saiu em 09/06/2022)
  • Dorival Jr. – 168 dias (chegou em 10/06/2022 e saiu em 25/11/2022)
  • Vítor Pereira – 98 dias (chegou no dia 03/01/2023 e saiu em 11/04/2023)
  • Jorge Sampaoli – 167 dias (chegou em 14/04/2023 e saiu em 28/09/2023)

Agora, o Flamengo se prepara para enfrentar o Bahia pelo Brasileirão, em uma busca contínua por estabilidade técnica, enquanto busca alcançar o líder Botafogo com 11 pontos de diferença na 7ª posição.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.