Os Jogos de Tóquio estão em perigo se o coronavírus sofrer uma mutação e se tornar mais forte

0
312
Olimpíadas de Tokyo 2020

Os Jogos Olímpicos de Tóquio podem ter que ser adiados novamente se o novo coronavírus se transformar em um patógeno mais forte, disse Kiyoshi Kurokawa, um proeminente conselheiro do governo japonês, na quarta-feira.

Entretanto, acrescentou Kurokawa, o recente aumento dos casos em Tóquio se deve ao não cumprimento das diretrizes para a prevenção de infecções.

Kurokawa é um médico que atualmente aconselha o governo sobre a pandemia. Ele foi consultor científico do gabinete japonês de 2006 a 2008, e também liderou uma investigação independente sobre o desastre nuclear de Fukushima em 2011.

“Acho que o vírus está em mutação o tempo todo… pode ser um vírus muito mais forte que desencadeará uma segunda onda”, disse Kurokawa à Reuters. “Os Jogos Olímpicos podem ter que ser adiados novamente, mas não posso prever isso”.

“Acho que são pequenos incidentes que ocorrem em Tóquio … novos casos são devidos a pessoas que não seguem recomendações”, disse Kurokawa sobre o pico atual de infecções. “Mas se houvesse algumas mutações, a história mudaria completamente. E isso pode acontecer em qualquer lugar do mundo.

O governador de Tóquio Yuriko Koike disse à Reuters na segunda-feira que os Jogos, originalmente programados para este mês, mas adiados para 2021 por causa da pandemia, devem prosseguir no próximo ano como um símbolo de unidade global para superar o coronavírus.

O pico de infecções em Tóquio, que responde por mais de um terço dos mais de 23.000 casos do Japão, provocou uma reação contra uma campanha governamental para promover o turismo interno. Kurokawa disse que as autoridades estavam tentando equilibrar as prioridades.

“Acho que uma das preocupações desta pandemia é como evitar a propagação … O outro lado desta questão é… como promover a economia. Muitas pessoas estão perdendo seus empregos”, disse ele.

Ele acrescentou que achava que o governo estava “equilibrando cuidadosamente” as duas prioridades.

Kurokawa foi nomeado no mês passado para chefiar uma nova comissão para examinar como usar a inteligência artificial para combater a propagação do vírus. Sua nomeação para o grupo de quatro pessoas, que inclui um geneticista ganhador do Prêmio Nobel, veio depois que o Ministro das Finanças Yasutoshi Nishimura anunciou abruptamente a dissolução de um painel anterior de especialistas científicos.

Deixe uma resposta