Justiça concorda com Barça sobre a reivindicação de Santos para Neymar

0
Presentación de Neymar Da Silva en la temporada 2013-2014. (Foto - Eduard Omedes)
Presentación de Neymar Da Silva en la temporada 2013-2014. (Foto - Eduard Omedes)

Uma nova vitória judicial para o FC Barcelona em poucos dias relacionada a litígios ligados à transferência de Neymar. A Corte de Arbitragem do Esporte (CAS) indeferiu em sua totalidade a reclamação apresentada pelo Santos à FIFA, na qual exigia que o Barça pagasse 61.295.000 euros de indenização, com as correspondentes sanções esportivas, após a transferência do jogador.

A CAS considera que o contrato entre o Santos e o jogador brasileiro foi rescindido por acordo mútuo, que o FC Barcelona não violou o acordo de transferência quando pagou valores adicionais ao pai do jogador e à empresa N&N, e que o FC Barcelona não cometeu nenhuma conduta fraudulenta quando assinou o pré-acordo com Neymar Jr., nem quando assinou o acordo de transferência com o Santos. A decisão do CAS também ordena que Santos pague as despesas legais do FC Barcelona, no valor de CHF 20.000.

O clube brasileiro entrou com esta ação judicial junto à FIFA porque argumentou que o Barça e o jogador concordaram, contra os interesses do Santos, em esperar até o final de seu contrato em 2014 para evitar ter que pagar qualquer transferência. Em troca, Neymar e seus pais, através da empresa N&N, teriam recebido um bônus de assinatura para chegar gratuitamente, e não renovar com Santos, no final de seu contrato.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.